Textos

Rabo de Cavalo
Sharik Letak
 “Me faça perder-se nesses teus lindos cabelos, e se afogar nas águas doces de sua boca...” (Francis Perot)

Timidamente gira o cabelo,
Sentido-se no crânio encarcerado,
Querendo esvoaçar, fazendo apelo
Pra ter seu movimento liberado.


Eu padecia, não podendo vê-lo
Pelo morno vento esvoaçado,
Eu mesmo já querendo tê-lo
Por mim somente acariciado.


Parece que morena adivinhou,
E o Rabo de Cavalo desmanchou,
E então, fui por Cupido bem flechado.


Um Rabo de Cavalo abagunçou
O peito que do amor aposentou
E eis-me novamente apaixonado.


Manhuaçu(MG), 26 de maio de 2.019, 00:14 h.


 
Sharik Letak
Enviado por Sharik Letak em 29/05/2019


Comentários