Textos

Querer-te Assim
Querer-te, assim, do jeito que te quero,
Já chega a ser,  meu bem, idolatria.
Dizendo-te “te adoro, te venero”,
Renovo o meu pecado a cada dia.

Porem Deus é amor, e eu espero
De Deus perdão, ajuda e valia,
Pois tendo amor assim tão forte e vero,
Não se sente remorso ou arrelia.

Se é o amor sincero, o que importa,
Se adentra o peito sem bater à porta,
Se entra sem pedir-nos permissão?

Num repente rompe-se a comporta
O torto se ajeita, o certo entorta;
Quem foge a Tsunami da paixão?

Manhuaçu(MG), 10 de dezembro de 2010 – 10:54 hs.
Sharik Letak
Enviado por Sharik Letak em 10/12/2010
Alterado em 10/12/2010


Comentários